Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tia! Tia! Tia!

As tias têm voz. E histórias.

A história a duas mãos, finalmente!

O caderno desaparecido há três postais apareceu...

IMG_3782 (Editado).JPG

... estava afinal na biblioteca da Avó, arrumado entre os teus livros, alguns dos novos e muitos dos velhinhos que tinham sido da Tia.

Agora já posso mostrar a história que escreveste... ei-la!

 

A Princesa Piolho

Era uma vez uma princesa tão pequenina que lhe chamavam de Princesa Piolho.

Quando a Tia chegou de Leiria foi escovar o cabelo da ***********. Começou a falar a Princesa Piolho:

- Não te preocupes, eu sou a Princesa Piolho.

- Então vou ter que te tirar do cabelo da minha sobrinha.

- Não, não, eu não faço mal.

- Mas tu és a Princesa Piolho. Ok, está bem, mas fazemos um acordo, vai falar com as formigas.

- Olá, formigas, podem-me ajudar?

- Ok, toma uma caixa de fósforos, pode ser a tua casa.

- Ok.

- Toma um bocadinho de vidro para lavar as mãos e um bocado de borracha para ser a tua cama.

IMG_3784 (Editado).JPG

 

Esta foi a tua primeira história escrita. Não disseste como acabava, mas a Avó estava a chamar e depois esqueceste-te... Podemos continuá-la um destes dias, que dizes?

E a Tia, que apenas corrigiu os erros que, distraída, salpicaste na folha, ajudar-te-á a construir a história sem tocar nas personagens nem na acção: a tua imaginação deve voar nas palavras escritas como te voa na voz quando acrescentas pormenores às histórias que te conto.

 

18 comentários

[acho que...]