Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tia! Tia! Tia!

As tias têm voz. E histórias.

A honra da jogadora

Estas férias ensinei-te alguns jogos novos. Um dos melhores para jogar pouco antes de dormir é a batalha (de cartas): meio baralho para cada uma e basta virar as cartas uma a uma, comparando-as.

Ensonada, disseste-me ontem enquanto distribuia as cartas:

- Tia, podias dar-me essas todas...

- E eu fico só com estas?

E tu, risonha e malandrota, disseste que sim, porque querias jogar mas que não demorasse muito, pois estavas com muito sono e ainda querias ouvir uma história inventada.

Entreguei-te as cartas e, sorrindo, disse:

- Vá, vira a tua carta...

- Oh, Tia, assim não é justo, tu vais perder já!

- Mas tu estás com sono, por isso não faz mal...

- Faz, faz, Tia, não é justo e assim não tem piada!

9 comentários

[acho que...]