Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tia! Tia! Tia!

As tias têm voz. E histórias.

A Priminha L.

A Priminha nasceu esta madrugada, ainda a noite começava. Já dormias, só saberás quando acordares.

O médico disse há muitos meses que nasceria ontem, dia 8. Mas a barriga da tua Madrinha estava maior do que a da tua Mãe no dia anterior ao teu nascimento, e a da tua Mãe era enorme! Por isso já a esperávamos há uns dias, mas ela não estava com muita vontade de nascer... É mesmo tua prima!

Quando os Avós foram levar a G. e o C. ao aeroporto, a filha deles, tua Madrinha, avisou que estava a caminho do hospital. Duas horitas de voo, e após aterrarem o C. telefonou a dizer que tinham chegado bem e que não havia novidades... já o dia 9 tinha começado há mais de meia hora e a Priminha sem vontade de nascer! Passada meia-hora, o C. telefonou a dizer que a Priminha já tinha nascido!

Sabes, Sobrinha, eu acho que a Priminha L. se atrasou de propósito: ficou à espera que os avós chegassem. 

 

E sobre a Priminha L. disseste-me há umas semanas:

- Tia, a filha da Madrinha está quase a nascer, não está?

- Está, sim.

- E depois ela vai ter outra?

- Não sei, Sobrinha...

- Mas eu gostava muito que a Madrinha tivesse outro bebé.

- Porquê?

- Porque eu também queria ser Madrinha.

17 comentários

[acho que...]