Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tia! Tia! Tia!

As tias têm voz. E histórias.

A saudade e a responsabilidade

Histórias dos dias de ter de estar em casa

Ao telefone,

Num destes dias de ter de estar em casa:

- Sobrinha, estou com tantas saudades!

- Obviamente, Tia!

 

Não sei se fiquei mais risonha com o desplante desta resposta ou com a ternura com que acrescentaste:

- E achas que eu não tenho?!

 

Mas a gargalhada veio com a seriedade com que encerraste o tema:

- E, Tia, eu queria ir para aí, mas a Mãe e o Pai não podem e eu tenho que tomar conta deles... assim que puder, vamos, está bem?

18 comentários

[acho que...]