Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tia! Tia! Tia!

As tias têm voz. E histórias.

O problema das cortiças

Histórias dos dias de ter de estar em casa - da Avó

Ontem à noite, verificavas as mensagens no teu telemóvel quando a tristeza te saiu na voz:

- Tia, não é justo! Eu estou desde manhã e só a Mãe e a Mana é que viram, mas a Mãe foi há bocadinho e já tem tantas cortiças!

- Desculpa, Sobrinha! A Mãe tem o quê?

Perguntei eu, espantada; talvez a tua Mãe tivesse criado um modelo com materiais diferentes, uma nova tendência da Moda?

Mas não:

- Oh, Tia, no Instagram, Tia! Eu publiquei um vídeo com uma coreografia de manhã e só tenho duas, e a Mãe publicou uma foto dela há bocadinho e já tem quase xyz*, não é justo a Mãe ter tantas cortiças!

- Ah, estás a falar de curtidas!

- Sim, Tia, isso. É o mesmo que gostos. Achas justo?!

 

 

Ri-me muito da tua expressão. Não de ti, nunca de ti. E desviei a conversa, não te respondi.

Mas acho justo, Sobrinha. Acho. E tu também acharás, um dia. Por agora, continuarás desgostosa com as poucas cortiças. E com a sua explicação, que deixo para outro postal.

 

* Tu disseste o número, a Tia ocultou-o.

4 comentários

[acho que...]